Pesquisa Coletiva | SLAM: POLÍTICAS DO ESPAÇO E DO CORPO PERIFÉRICOS

O PET-Letras, desde 2021, tem se voltado para as práticas de slam na cidade de Florianópolis e criou, a partir disso, o Slam Estrela d’Alva. O estrela tem mostrado uma importância fundamental,
em ao menos dois sentidos: o da produção literária periférica e o do impacto político dascorporeidades interseccionais que performam em cada um dos eventos. Assim, como modo de visibilizar existências periféricas, o PET-Letras entende como axial a criação de um projeto duplo e coletivo (como todxs os membxs do PET), de pesquisa e de extensão, que interrogue teoricamente o slam e que promova os eventos e sua
documentação.

Objetivo
O objetivo do projeto de pesquisa é problematizar o slam como uma prática de corpo-escrita-voz que se dá na intersecção de estratégias de resistência gendradas e materializadas, que tem no corpo a materialidade fundamental e no acontecimento ¿ a roda do slam ¿ os efeitos de resistência. Já no âmbito da extensão, o objetivo é produzir e documentar os slams.