Participação em Eventos

SEPEX 2016

Tema do estande do PET-Letras: AS LINGUAGENS DA ALIMENTAÇÃO: (DES)CONSTRUINDO SABORES E CULTURAS

Descrição: A proposta deste ano do PET Letras visa dialogar com a temática sugerida para 2016 “Ciência Alimentando o Brasil”. Trata-se de expor para o público as diferentes linguagens vinculadas à esfera alimentar. Com isso, busca-se explorar os diferentes modos discursivos de construção da cultura alimentar de uma dada sociedade, atentando, por exemplo, (i) para o papel da mídia de massa no direcionamento do paladar e da alimentação; (ii) o papel da tradição na construção de uma cultura alimentar através dos diferentes significados sociais atribuídos à alimentação por diferentes culturas, como as estórias que são passadas oralmente pelas famílias; (iii) o papel dos discursos científicos – especialmente vinculados à esfera médica – no direcionamento das dietas alimentares, circunscrevendo categorias diferenciadas para os alimentos em relação ao conceito de “saúde”; (iv) o papel dos discursos ecológicos na redefinição de uma cultura alimentar; (v) as diferentes maneiras como a literatura brasileira retratou a alimentação, apontando para seus significados sociais, suas origens históricas, entre outros. Busca-se, com isso, ilustrar a maneira como as diferentes linguagens desempenham um papel importante na construção de uma cultura e do sabor alimentar.

Escala de atendimento: O PET-Letras conta com 12 participantes que irão fazer uma escala de participação no decorrer dos dias da SEPEX. Todos eles participarão das atividades. Contamos com três grupos diferentes, com propostas diferentes, distribuídos em três dias.

Nome dos Participantes cadastrados:  Alan Eduardo Demertine, Ana Maria Santiago, Ana Paula Tomaz Cardoso, Beatriz de Oliveira, Debora Barbosa Torres, Debora Machado Gonçalves, Gabriel Eigenmann de Carvalho, Isadora Eifler, Marcella Machado Nascimento, Rackel Spyridion Moustacas, Sérgio Leite Barboza, Tuan Peres, Sarah Fernandes e Cristine Görski Severo.